Assim na Terra Como Embaixo da Terra

Sinopse: "Uma colônia penal isolada – um terreno com um histórico tenebroso de assassinato e tortura de escravos –, construída para ser um modelo de detenção do qual preso nenhum fugiria, torna-se campo de extermínio. Espécie de capitão do mato/carcereiro, Melquíades é o algoz dos presos, caçando e matando-os como animais, apenas por satisfação pessoal. Os presos, cada qual com sua história, estão sempre planejando a própria fuga, sem saber se vão acabar mortos pelos guardas ou pelo que os espera do lado de fora da Colônia."

Título: Assim na Terra Como Embaixo da Terra
Autor: Ana Paula Maia
Ano: 2017
Editora: Record
Número de páginas: 144
CompreAmericanasAmazon




Crítica: Olá pessoal. E de novo apresento a vocês mais uma resenha nacional, três nacionais em seguida, e que estão me surpreendendo.

O livro da vez é “assim na terra como embaixo da terra” da Ana Paula Maia e foi um livro cedido pelo Grupo Editorial Record e fiquei muito surpresa e feliz por ter recebido algo tão diferente do que costumo ler.

Acredito que se eu encontrasse esse livro por aí talvez nunca o teria lido, e ainda bem que o recebi pois foi surpreendente.

O livro se passa na Colônia, uma penitenciária onde os próprios presos cozinham, limpam e cuidam um dos outros e as únicas coisas que os impedem de sair são: Uma tornozeleira eletrônica que irá explodir caso ultrapassem o muro e dois agentes penitenciários, Taborda e Melquíades.

A história é contada de todos os ângulos e aborda principalmente Bronco Gil, e seu passado. Você acaba descobrindo que quem entra na Colônia nunca mais sai, como diz o próprio Bronco no início do livro.

“No fim, somos todos livre, porque, no fim estaremos mortos.”

O isolamento da Colônia do mundo acaba enlouquecendo a todos, inclusive a Taborda e Melquíades. Temendo por sua segurança, Bronco, seus amigos detentos e Taborda acreditam que poderá ser sua última noite com vida, pois todos temem Melquíadas que já não se encontra em um estado mental normal.

E a história se passa nesses dias de terror dentro da Colônia e nos dias do passado de Bronco.

Eu me surpreendi, a narrativa é muito leve e acaba nos deixando curiosos e atentos aos acontecimentos da Colônia, apesar de serem prisioneiros, você começa a temer por suas vidas e torce por eles.

É muito interessante e diferente de tudo que li até agora, super recomendo.

Bjus Rafa

25 comentários:

  1. Olha eu jamais leria esse livro, a capa não me atraiu em nada, porém o titulo é bem interessante.
    Fiquei super curiosa para ler parece ótimo.
    Essa parte do livro poderia ser verdade, assim não teríamos tantos bandidos soltos por ai.
    "O livro se passa na Colônia, uma penitenciária onde os próprios presos cozinham, limpam e cuidam um dos outros e as únicas coisas que os impedem de sair são: Uma tornozeleira eletrônica que irá explodir caso ultrapassem o muro e dois agentes penitenciários, Taborda e Melquíades."

    Beijos Ariane

    ResponderExcluir
  2. oi, amei esse livro, eu gosto desse tipo de livro que com certeza lerei esse. Já li outros livros dessa autora e gostei.

    ResponderExcluir
  3. Oi tudo bem?
    Confesso que assim como você se tivesse visto apenas a capa sem ler a sua resenha eu de fato não leria, mas gostei bastante da premissa mesmo não sendo tanto o meu gênero literário.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Achei a capa bem estranha e ela não me atrairia nenhum pouco em uma livraria, mas gostei do enredo e acho que o conteúdo me agradaria bastante.
    Valeu pela dica
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Adoro quando vejo nacionais novos nos blogs! Pela resenha a capa não condiz tanto com a história e não sei se tem alguma conexão, mas acho interessante essa diferença entre tantas capas mais padronizadas que vemos por aí. Fiquei bem curiosa quando a história e por ser nacional, com certeza vou dar uma chance! Bjos

    ResponderExcluir
  6. Oi Rafa.

    Olhando o livro pela capa eu nunca iria interessar em lê-lo, mas pela sua resenha eu fiquei bastante curiosa por ele. Tem um enredo surpreendente, ainda mais sabendo sobre os prisioneiros presos na colônia. Dica anotada. Adorei!

    Bjos

    ResponderExcluir
  7. Não tinha ainda ouvido falar desse livro, ele tem uma história interessante, mas ao mesmo tempo me assusta... Achei sua resenha bem bacana, ela me deixou com aquela curiosidade sobre o desenrolar dos fatos... O que será que vai acontecer nessa Colônia no final? Dica anotada!

    ResponderExcluir
  8. NOssa, que livro diferente!
    A capa é muito bonita. Única.
    Fiquei bem curiosa a ler e com tão poucas paginas e de leitura rapida, como você diz, Preciso dessa leitura pra já!
    Obrigado pela dica. Adorei conhecer o livro aqui no seu blog.

    Beijinhos

    #Ana Souza
    https://literakaos.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  9. Oi, Rafa!
    Nunca tinha ouvido falar desse livro, mas gostei da premissa e a resenha me instigou. Parece ser um livro para reflexão intensa. Fiquei curiosa para saber o final dessa história.
    Beijão!
    http://www.lagarota.com.br/
    http://www.asmeninasqueleemlivros.com/

    ResponderExcluir
  10. Olá adorei a premissa desse livro, tem uma proposta forte e diferenciada fiquei muito curiosa pela leitura, beijos!

    ResponderExcluir
  11. Oiee Rafa ^^
    Eu ainda não conhecia esse livro, e, assim como você, passaria uma vez por ele e não voltaria atrás...haha' não fosse a sua resenha, eu nem saberia que história está por trás da capa. Gente, fiquei boba aqui! Que premissa incrível! Eu acho interessante quando os personagens são criminosos ou "vilões", de alguma maneira, e ainda assim a gente torce por eles. Acho que a nossa humanidade fala mais alto que o julgamento e ódio, né?
    MilkMilks ♥
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Olá, tudo bem? Com certeza também seria um livro que sairia da minha zona de conforto. Essa capa com certeza não chama atenção e passaria batido também. A premissa não me chamou também tanta atenção confesso, mas a sua resenha me instigou. Fiquei bem interessada em ler o que vai acontecer. Ótima resenha!
    Beijos,
    http://diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Confesso que quando vi o livro fiquei receosa por conta da capa, não me atraiu, mas pelo que você falou na resenha parece ser um livro, muito bom, vou por na lista.

    Beijos
    Suka
    http://www.suka-p.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Oi, Rafa! Nossa, essa leitura parece aterrorizante! hahaha
    O que, aliás, seria um contraste por você falar que a narrativa é leve. Estou muito tentada a ler agora, parece um daqueles thrillers psicológicos que torturam a gente até a última página!
    Bjos!
    Por essas páginas

    ResponderExcluir
  15. Com certeza uma leitura bem diferente, acho que nunca vi nada parecido. Gostei bastante da história, acho que leria e curtiria.
    Beijos
    Mari
    www.pequenosretalhos.com

    ResponderExcluir
  16. Oi, Rafa
    Confesso que ainda não conhecia o livro. A capa e premissa não me chamaram muita atenção, e o título me assustou rs
    Mas acho que se fosse ler, ia me envolver e acabar torcendo por eles também... quem sabe.

    ResponderExcluir
  17. Oie!

    Não conhecia essa obra e fiquei meio confusa em relação a historia Dela, mas achei interessante sua resenha e irei procurar saber mais sobre ele para no futuro realizar a leitura!

    Bjss

    ResponderExcluir
  18. Oi, Rafa!
    Eita, que título de livro diferentão e curioso! Achei a premissa bastante promissora, e já que você disse que a narrativa é leve, vou colocar na minha listinha haha fiquei curiosa para saber se os personagens enlouquecem mesmo e se eles fogem ou não haha
    Beijos!

    ResponderExcluir
  19. Não conhecia esse título, mas confesso que lendo suas impressões fiquei curiosa pela proposta da colonia. Entendo essa questão de torcer pelos personagens, teve alguns livros que li em que fiquei torcendo para que o anti-herói não fosse pego etc. E parabéns pela leitura fora da zona de conforto que te surpreendeu. Gostei do texto objetivo também. Abração!!!!

    ResponderExcluir
  20. Como que eu não conhecia tal obra ainda? Grata surpresa essa! Adorei a premissa da história, adoro esse estilo de leitura! Vou procurar realizar a leitura o mais breve possível!

    ResponderExcluir
  21. oi, rafa, que bacana saber que esse livro te surpreendeu foi uma boa leitura. Desde que vi essa sinopse também fiquei interessada e estou só aguardando o preço dele dar uma baixada para eu comprar. Gosto de histórias que se passam em ambientes prisionais e essa muito me intriga.

    ResponderExcluir
  22. Oi, Rafa! Eu amei essa capa. Tanto o título quanto a capa me deixaram hiper curiosas para conhecer o enredo, e a sinopse e sua resenha me ganharam.
    Já vou colocar na minha lista de desejados, gosto muito de livros como esse, que se passam em um local onde as pessoas lutam pra sobreviver ou não podem sair se não morrem.
    Espero gostar.
    Bjsss

    ResponderExcluir
  23. Nossa, mas alguém já testou para vê se explode mesmo? hahaha gostei da resenha.

    ResponderExcluir
  24. Não sou fã desse estilo de literatura, a capa demonstra bem do que se trata, logo pensei em prisão etc...
    Mas curti seu blog e estou seguindo!
    http://dailyofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Oi Rafa,
    Conforme fui lendo sua resenha, fui pensando que o livro era pesado pelo tema e me surpreendi quando você falou que o livro é é leve. Até ler sua resenha, não tinha conhecimento desse título e fiquei bem intrigada para conhecer essa Colônia prisão.
    Espero que o livro funcione pra mim também.
    Beijos,
    http://www.umoceanodehistorias.com/

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua visita! Comentários construtivos são sempre bem-vindos!
Caso tenha um blog, deixe o link do mesmo junto de seu comentário para que possamos retribuir a visita!